10 ANOS DE QUALIDADE E DISTINÇÃO

A Qualistamp é uma estamparia têxtil especializada na estampagem localizada. Situada em Fafe, esta empresa de referência possui um conjunto de equipamentos modernos e pessoal especializado para a prestação de um serviço de excelência aos seus clientes. A cultura de qualidade da Qualistamp e o crescimento sustentado que esta tem registado foram agora reconhecidos com a atribuição do Prémio PME Excelência 2015.

Romeu Vieira e Artur Marinho - Admistradores da Qualistamp

Criada em 2006, a Qualistamp é uma empresa dinâmica e próactiva que conhece profundamente a área onde centra a sua atividade. O seu trabalho assenta na qualidade, seriedade e responsabilidade. Os seus responsáveis têm consciência que os pequenos detalhes fazem toda a diferença, daí que se direcionem no rumo dos elevados padrões de excelência.

Levando este projeto empresarial a bom porto estão Romeu Vieira e Artur Marinho, que entendem que a base do crescimento sustentado e do sucesso da empresa assentam na perfeita combinação entre o conhecimento adquirido na formação académica de Romeu Vieira, licenciado em Engenharia e Gestão Industrial, e a experiência e know-how de Artur Marinho, adquiridos ao longo de 28 anos de dedicação a este setor de atividade. “Esta junção permite-nos, por um lado, um conhecimento alargado de todo o segmento em que estamos inseridos, das diversas técnicas, tecnologia e formação ao pessoal e, por outro lado, uma gestão acompanhada e eficiente”, sustenta Romeu Vieira, acrescentando que assume a responsabilidade pela área financeira e comercial, ao passo que Artur Marinho é o responsável pela produção e qualidade.

Desde a sua génese, que a Qualistamp sempre primou por uma aposta e investimento fortes em tecnologia de vanguarda, com selo de qualidade português. “São 10 anos a investir, quer em tecnologia, quer na formação e qualificação do pessoal, com o desiderato de garantir a eficiência e a competitividade da nossa empresa”, assumem os empresários.

A Qualistamp é uma empresa vocacionada para a estampagem têxtil, que assume como missão o desenvolvimento de estampados e soluções de excelência que permitam superar as expectativas dos seus clientes. “Produzimos todo o tipo de técnicas de estampagem localizada. Acrescentamos valor a peças de vestuário incorporando um desenho numa determinada posição. Como são operações muito repetitivas, apostamos na juventude, pela dinâmica e proactividade, por isso a média de idades dos colaboradores é de 24 anos”, sublinha o nosso entrevistado.

Sempre com o intuito de ser uma empresa de referência, reconhecida pela competência, confiabilidade e excelência ao nível da estampagem, bem como pela ótima e genuína relação interpessoal com os seus clientes, a Qualistamp acompanha as tendências do mercado, sempre na procura de novas técnicas. Esta busca incessante pela melhoria contínua resulta do objetivo incontornável de apresentar as melhores soluções, já que a empresa trabalha para segmentos muito exigentes e de qualidade elevada. O principal cliente é representado pelo Grupo Inditex, uma organização detentora de nove marcas no mercado, das quais trabalhamos para cinco (Bershka, Pull&Bear, Zara, Oysho e Massimo Dutti). “Estamos a falar de um segmento com quantidades de 20 a 100 mil peças por modelo”, revela Romeu Vieira, salientando a aposta em encomendas de grande volume, pela relação custo/benefício. “Apostamos na qualidade e na competitividade, por isso investimos na compra da matéria-prima de qualidade e na eficiência na produção, minimizando ao máximo os desperdícios”. Para além do grupo mais representativo a Qualistamp já produziu e produz estampados para as marcas como Mango, Esprit, Desigual, Billabong, O’Neill, Next, Hugo Boss, Quiksilver, G-Star Raw que faz parte do grupo Levi’s, entre outras de renome e referência. “Este segmento refere-se a quantidades inferiores, mas temos que ter uma carteira de clientes aberta a vários segmentos de mercado, até porque um dos requisitos de quem está à frente de um negócio é não estar dependente de um cliente ou setor”, adiantam os dois gerentes da Qualistamp.

Romeu Vieira sublinha, no entanto, a existência de três variáveis essenciais, o preço, a qualidade e o prazo de entrega, premissas assumidas pela Qualistamp, que simplesmente não podem ser descuradas. “A qualidade tem que ser garantida, o preço tem que ser competitivo e o prazo de entrega tem que ser cumprido, por isso somos muito flexíveis”, sustentam.

Os gerentes da empresa salientam ainda a presença da Qualistamp em todas as feiras internacionais ligadas à sua área de atividade, porque é precisamente nessas feiras que “nos preparamos para as tendências do futuro de técnicas e produtos”, por isso é que a empresa está habilitada para efetuar qualquer técnica de estampagem localizada, assumindo técnicas que outras empresas não dominam, demonstrando a sua atitude vanguardista.

A pedido de docentes de escolas superiores a empresa recebe com alguma frequência alunos de Artes e Design com o objetivo de transmitir a realidade do processo de estampagem localizada.

Estratégias de futuro

Romeu Vieira deu nota de que o espaço atual da Qualistamp está condicionado em termos de layout fabril. As instalações são arrendadas, uma opção assumida na criação da empresa, até porque a compra de um pavilhão exigiria um investimento muito superior aos 375 mil euros com a criação da empresa. “Neste momento, não temos espaço para adquirir mais equipamentos, por isso há cerca de oito meses começámos a delinear um novo layout fabril. Queremos ter uma sequência de trabalho que nos permita mais eficiência e redução de tempos de ciclo de produção, resultando no aumento da mesma”, justifica Romeu Vieira, acrescentando que a nova unidade fabril que está a ser projetada vai aumentar em 40 por cento a capacidade instalada e, consequentemente impulsionar o crescimento e competitividade da empresa.

O empresário estima que, em 2018, a Qualistamp faça a transição para a nova unidade, na Zona Industrial Monte da Pena, em Fafe, cujo terreno ocupa 6 mil metros quadrados e termos de construção ocupará  2250 metros quadrados. “Atualmente temos 30 colaboradores, mas prevemos também duplicar este número”, avançam os empresários.

Prémio PME Excelência 2015

“A distinção PME Excelência 2015 representa o nosso empenho e esforço num crescimento sustentável. Esta distinção é uma motivação adicional para que continuemos a trabalhar e a servir os nossos clientes com a qualidade que nos distingue. Este estatuto é, sobretudo, um reconhecimento do bom trabalho que temos vindo a desenvolver”, sustenta Romeu Vieira.

Business Portugal

Edição: Março de 2016

Páginas: 50-51

Ver artigo Original